Direito das gestantes nos planos de saúde

By | junho 26, 2015

gestanteO nascimento de um filho altera totalmente a rotina do casal, a mulher, em especial, passa os nove meses de gestação aproveitando cada momento de forma única, mas para aproveitar da melhor forma possível é necessário ter um plano de saúde, para que possa realizar todos os exames necessários e ter acompanhamento médico durante esse período. Confira o direito das gestantes nos planos de saúde.

Se você planeja uma gravidez e ainda não tem um plano de saúde, o ideal é contratar um plano antes de engravidar, pois você passará por um período de carência, que para coberturas de partos dura 300 dias. As despesas com pré-natal e demais exames possuem um valor muito alto, por isso é importante ter um plano de saúde que possa lhe atender nesses momentos. O ideal é contratar um plano de saúde 10 meses antes e esperar mais 2 meses para engravidar, para que possa ter direito a todas as coberturas.

A saúde da mãe tem que ser prioridade, para que o bebê também seja saudável. Para que a mulher tenha toda assistência, inclusive as do parto, o plano de saúde deve ser com obstetrícia, assim a gestante terá direito a acompanhamento durante o pré-natal, atendimento pediátrico a partir do 3º trimestre de gestação, parto e pós-parto, acompanhante durante o trabalho de parto, parto e pós-parto, atendimento integral ao recém-nascido (sala de parto, berçário e UTI), assistência ao recém-nascido durante os primeiros 30 dias após o parto e a inscrição do recém-nascido como dependente do plano sem o cumprimento de carência, em até 30 dias do nascimento, após esse período, o bebê precisará cumprir o prazo de carência.

Fique atento à rede credenciada, pois em casos de urgência e emergência o plano de saúde dá direito de cobertura somente na rede credenciada. Escolha um plano em que você conheça a equipe médica credenciada para acompanhar sua gestação.

 

Deixe uma resposta