Planos de saúde com mais reclamações em 2014

By | fevereiro 19, 2015

Consumidores utilizam cada vez mais de seu poder de reclamação. Quando uma promessa de qualquer empresa é descumprida, os canais destinados a reivindicação de direitos são a solução encontrada pela população. Os beneficiários de planos de saúde têm vários meios de manifestar suas insatisfações com os serviços recebidos. Confira abaixo os planos de saúde com mais reclamações em 2014 na ANS e ReclameAqui:

Planos de saúde com mais reclamações em 2014 na ANS

Planos de saúde com mais reclamações em 2014

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é o órgão regulador vinculado ao Ministério da Saúde que normatiza as obrigações dos planos de saúde no Brasil. Através da ouvidoria, no portal da agência, o beneficiário de qualquer prestadora de serviços da área pode fazer reclamações, que são registradas, e mensalmente são divulgadas as empresas com maior número de queixas.

Essas informações são disponibilizadas por meio do índice de reclamações, que é calculado com base na média de queixas no período de seis meses para cada 10.000 beneficiários, considerando também o número total de clientes. Os três planos de saúde com mais reclamações em 2014 foram Unimed Norte/Nordeste-Federação Interfederativa das Sociedades Cooperativas de Trabalho Médico, a Unimed-Rio e a Unimed Paulistana – Sociedade Cooperativa de Trabalho médico.

Planos de saúde com mais reclamações em 2014 no ReclameAqui

O ReclameAqui é um dos sites destinados a queixas formalizadas contra empresas em geral mais conhecidos. Nele, há a exposição de problemas em serviços prestados, e a tentativa de otimização da comunicação entre cliente e empresa. O número de reclamações para planos de saúde, somente de janeiro até abril do ano passado, foi de 15.801.

Nessa contagem, os dois planos de saúde com mais reclamações em 2014 (entre 1º de maio de 2013 e 30 de abril de 2014) foram  Amil Assistência Médica Internacional (4.938) e Qualicorp Administradora de Benefícios (4.117). Dessas queixas, a porcentagem de solução para os problemas apresentados foi de 68% e 65,5%, respectivamente. A mesma empresa que consta no ranking da ANS, Unimed Paulistana, está também entre as 10 mais citadas entre as operadoras, com 1.544 reclamações.
Entre elas  58,3% foram resolvidas.

Reclame seus direitos

A insatisfação por algum serviço pago não deve ser tomada como algo comum. Sempre se informe sobre seus direitos e nunca deixe exigir que eles sejam atendidos.

 

Deixe uma resposta